jul 29
pH ideal da água

PH ideal da água: já ouviu falar?

Definitivamente, o pH ideal da água é um assunto muito discutido nos últimos tempos. Muitos fabricantes de água mineral, bem como de aparelhos para melhoria da água levantaram esse tema ao falar de água alcalina.

Antes de mais nada, você sabe o que é pH e qual a sua função? Já sabemos que água não é tudo igual, mas será que esse fator é relevante para a qualidade da água?

A seguir, vamos explicar o que significa esta sigla e entender qual é o pH ideal da água para consumo. Assim, podemos esclarecer sua relação com a água alcalina e debater seus supostos efeitos.

Afinal, o que é pH?

Dentre os muitos fatores que diferenciam as águas, existe o pH. Esta sigla representa o percentual hidrogeniônico. É uma escala ou medida da acidez de uma solução. Com ela, é possível classificar uma solução como ácida, neutra ou alcalina.

Quando falamos de água para consumo humano, existem critérios pré-estabelecidos de qualidade. O padrão de potabilidade deve atender aos parâmetros físicos, químicos, bem como microbiológicos. O pH ideal da água é um deles.

A escala do pH pode variar de 1 a 14, de acordo com a concentração de íons H + presentes na água. É essa concentração que determina o caráter ácido da água. 

Dessa forma, todo o pH inferior a 6 é ácido. Quanto menor o número, mais ácida é a água. Já os valores de 6 a 7 representam uma água neutra. Logo, uma água com pH acima de 7 é classificada com alcalina.

Quem determina o pH ideal da água?

pH ideal da água

Muitas marcas prometem inúmeros benefícios pela ingestão de água alcalina. Por outro lado, não existem comprovações científicas suficientes para sustentar estes argumentos.

Beber água de qualidade é essencial para a saúde, mas quem determina os critérios de qualidade são órgãos competentes. 

O INMETRO é responsável por realizar testes e conceder seu selo a todos os aparelhos de melhoria da água. Essa certificação é obrigatória e avalia aspectos como desempenho, capacidade de filtragem e resistência à pressão da água.

Segundo o Ministério da Saúde, o pH ideal da água deve ser mantido entre 6 e 9,5. Além das questões de filtragem e dos aspectos microbiológicos, esse é o padrão considerado adequado para consumo.

Isso significa que beber água fora deste padrão (ácida ou alcalina) pode trazer riscos à saúde? A rigor, sim.

Possíveis malefícios e benefícios de beber água alcalina

Poucas pessoas sabem qual é o pH ideal da água, mas muitas já ouviram falar nos possíveis benefícios da água alcalina. Existem promessas milagrosas sobre prevenção de doenças e ainda mais incríveis, como o rejuvenescimento. 

Já mencionamos que não há nenhuma comprovação científica de que ingerir água com pH alcalino faça bem à saúde. A regulagem da acidez no estômago, bem como do pH no sangue estão entre os principais argumentos dos seus defensores.

Estes argumentos são igualmente infundados. O ambiente estomacal produz ácido clorídrico e seu pH normal fica na faixa de 2,5 a 3. Logo, esse ácido é muito mais forte que a água alcalina e, ao ingerir este tipo de água, nada acontece.

Já o pH do sangue varia entre 7,35 e 7.45. O nosso corpo tem todos os mecanismos para mantê-lo dentro dessa faixa, sem qualquer ajuda. Inclusive, uma variação pode ser muito prejudicial à saúde.

De acordo com a OMS, o pH da água não interfere na saúde das pessoas, de nenhuma forma. Ele não está atrelado ao desenvolvimento ou prevenção de doenças. Tampouco o pH ideal da água pode mudar algo no nosso organismo. A diferença entre os dois tipos de água é que a alcalina é mais cara.

Enfim, o que nosso organismo realmente precisa é de água de qualidade, na quantidade certa ao longo do dia. Este texto foi útil para você? Se gostou, compartilhe!

purificador de água gelada com filtro Europa