nov 12
copos biodegradáveis

Copos biodegradáveis: o que são e como são feitos?

Você já ouviu falar em copos biodegradáveis? Juntamente com todas as embalagens sustentáveis, eles são uma alternativa para reduzir os danos causados pelos descartes.

Feitos de materiais naturais, eles se decompõem mais rapidamente no meio ambiente. Algumas embalagens sustentáveis podem até mesmo ser comidas. Já pensou? Seu processo de fabricação é menos danoso para o planeta também. 

Neste texto, vamos esclarecer o conceito de embalagens sustentáveis e analisar como são feitos dois tipos de copos biodegradáveis. O copo de fécula de mandioca e o copo de fibra de coco, que vêm ganhando cada vez mais adeptos.

O que são embalagens sustentáveis?

Antes de mais nada, vamos entender o conceito de embalagens sustentáveis. Para serem assim consideradas, elas precisam atender alguns critérios: 

  • Fabricação a partir de material orgânico e/ou reciclável;
  • Demandam pouca energia e recursos naturais em sua produção;
  • Oferecem impactos ambientais reduzidos depois do descarte. 

Os produtos que usamos frequentemente consomem muitos recursos naturais para serem feitos e, muitas vezes, não pensamos nisso. A água é um desses recursos, como mostramos em outro texto do nosso Blog. Se você tem interesse em saber como calcular esse impacto, conheça a Avaliação de Ciclo de Vida (ACV) de produtos

Para as embalagens feitas de alimentos, o controle é maior. É necessária uma documentação e comprovação da qualidade dos processos produtivos mais rígida do que para embalagens em geral. 

Copos biodegradáveis de mandioca

copos sustentáveis de mandioca

As embalagens de fécula de mandioca também fazem parte da categoria de sustentáveis. Elas são compostáveis, biocompatíveis e recicláveis. Por outro lado, o custo é mais que o dobro do que se paga pelo isopor. 

Elas só podem ser utilizadas para alimentos secos ou de consumo imediato. Caso contrário, em contato com umidade por muito tempo, se desmancham.

O amido é um polissacarídeo. Essa matéria-prima é obtida de diversas fontes vegetais e tem muitas possibilidades de transformação. Assim, ele pode se transformar em um biopolímero promissor para o desenvolvimento de copos biodegradáveis. O resultado é um plástico rígido que se degrada em alguns meses e que pode virar adubo orgânico.

A tecnologia para a transformação dessa matéria-prima é de uma empresa brasileira, a CBPAK Embalagens Biodegradáveis, de São Carlos (SP). Os copos biodegradáveis são produzidos por meio de um processo de termoexpansão da massa orgânica da fécula da mandioca. Logo depois, utiliza-se água e um molde como plastificante. Se quiser saber um pouco mais sobre esse processo de fabricação, assista ao vídeo.

A fonte renovável de matéria-prima, bem como o fato de serem 100% biodegradáveis e compostáveis são grandes diferenciais. Depois de usados, podem ir para o lixo orgânico, juntamente com os restos de alimentos.

Desde já, é importante ressaltar que nem todas as embalagens de mandioca podem ser ingeridas. Isto porque elas podem levar algum tipo de impermeabilizante.

O processo de decomposição dos copos biodegradáveis e muito mais curto. Ele ocorre em um período de 60 a 180 dias, dependendo da impermeabilização, contra mais de 100 anos do isopor. 

Copos biodegradáveis de fibra de coco

copo biodegradável de fibra de coco

Primeiramente, as embalagens de fibra de coco foram desenvolvidas principalmente para embalar alimentos. Elas não contêm bisfenóis (presentes em muitas embalagens de plástico) e não são nocivas ao organismo humano. 

Logo, os copos biodegradáveis de fibra de coco atendem aos critérios de embalagem sustentável. Depois de utilizados, eles podem ser reciclados ou biodegradados se colocados no solo.

caneca sustentável biodegradável

Durante o processo de fabricação, 50% do volume de plástico é substituído por fibra de coco ou madeira de reflorestamento. Essa fibra é feita a partir dos restos do coco ou madeira que são descartados no meio ambiente. 

Assim, esse é um processo muito benéfico para o meio ambiente. A fabricação de plástico é reduzida em 50%, e um resíduo vindo da natureza que viraria lixo ganha nova vida.

O aumento do uso do coco como fonte para embalagens como os copos biodegradáveis tem também um aspecto social. O crescimento da demanda estimula as atividades das cooperativas de catadores, gerando emprego para famílias do litoral do nordeste brasileiro.

Definitivamente, esses efeitos são consequência das novas atitudes de responsabilidade social. Existem ainda outras opções de copos sustentáveis e reutilizáveis, como o Copo Menos 1 Lixo.

E você, já faz a sua parte? Agora que já conheceu mais opções de copos biodegradáveis e embalagens sustentáveis, é hora de uma mudança de atitude.

purificador de água gelada com filtro Europa